sábado, 20 de março de 2010

Criada a Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil

Representantes de diversos festivais da Fotografia, Galerias e Escolas de Fotografia se reúnem para apresentar ao Ministério da Cultura a contribuição do setor fotográfico no desenvolvimento e enriquecimento da cultura nacional.


Não é novidade afirmar que a fotografia é a protagonista de feiras, festivais, bienais no mundo todo. No Brasil não é diferente. Crescem os cursos acadêmicos, os festivais de fotografia e as galerias que se dedicam exclusivamente a ela.
Estava na hora então de traçar uma nova história da produção fotográfica nacional. O primeiro passo aconteceu em setembro de 2009, durante o 5º Paraty em Foco. Representantes de iniciativas culturais fotográficas organizaram-se e lançaram o 1º Encontro de Agitadores Culturais da Fotografia Brasileira. Naquele momento, cerca de 30 agitadores culturais, representando diversos festivais, galerias, escolas e várias outras iniciativas fotográficas assinaram a "Carta de Paraty", redigida no intuito de apresentar ao Ministério da Cultura a contribuição do setor fotográfico para a cultura nacional.
O primeiro resultado efetivo desta ação foi a criação da Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil, com a finalidade de consolidar as diversas iniciativas nacionais. Uma comissão de representantes da rede reuniu-se então, no final do ano passado, com o Ministro da Cultura Juca Ferreira, com o intuito de se colocar como organização legitima capaz de junto com o governo viabilizar políticas próprias para o desenvolvimento da fotografia como expressão cultural.
A idéia começa a tomar forma e a se concretizar. Em janeiro a Rede volta a se reunir com representantes do governo, desta vez com o Sr. Sérgio Mamberti, presidente da Funarte e com Ricardo Resende, diretor do Centro de Artes Visuais da mesma instituição. E há pouco menos de um mês o MINC convidou coordenadores da Rede para uma reunião com o Secretário de Políticas Culturais José Luis Herência, Micaelea Neiva, da Secretaria Executiva e Juliana Nolasco, coordenadora dos negócios da cultural.
Ficou definido nesta reunião a realização do Encontro de Produtores Culturais da Fotografia do Brasil que será realizado no final de maio próximo em Brasília. Neste encontro pretende-se discutir diversos temas que envolvem a produção cultural da fotografia brasileira como, o ensino da fotografia sob o impacto das novas mídias, fotografia e inclusão sócio-cultural, fotografia e memória, gestão cultural em fotografia, dentre outros.
A produção do encontro está sob a responsabilidade da Associação de Fotógrafos Fototech (representante da Rede no convênio firmado com o MinC), do Estúdio Madalena (produção do encontro e da pesquisa) e da Casa da Luz Vermelha (produção local – Brasília), todos integrantes da RPCFB.
Enfatizando o caráter nacional tanto da Rede quanto do encontro, que acontecerá no centro-oeste brasileiro, a coordenação do mesmo conta com Miguel Chikaoka (Belém), Tiago Santana (Fortaleza), Carlos Carvalho (Porto Alegre), Milton Guran e Patrícia Gouveia (Rio de Janeiro), além de Clicio Barroso e Iatã Canabrava (São Paulo)
Sem dúvida este é um novo momento da fotografia brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário