segunda-feira, 31 de maio de 2010

Profissionais de todo o país estiveram reunidos em Brasília






Políticas Públicas

O I Encontro da RPCFB teve como finalidade o debate de diversas questões, dentre elas, a elaboração de políticas públicas de desenvolvimento para o setor.

Outros temas interessantes envolveram a produção cultural da fotografia brasileira, destacando-se a fotografia sob o impacto das novas mídias, fotografia e inclusão sócio-cultural, fotografia e memória, além de gestão cultural nessa área. Ao final do encontro, foram apresentadas 200 propostas ao MinC.

A Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil foi criada em 2009, a partir da elaboração da Carta de Paraty, documento extraído do 1º Encontro de Agitadores Culturais da Fotografia no Brasil, realizado durante a 5ª edição do Paraty em Foco. Em dezembro do ano passado, Iatã Cannabrava e outros representantes da RPCFB entregaram ao ministro Juca Ferreira, em Brasília, o documento. Saiba mais.

Atualmente, 95 iniciativas integram a Rede para fortalecimento do trabalho dos autores. Por meio da RPCFB são propostas ações de cooperação na formulação de políticas públicas capazes de difundir e consolidar a produção fotográfica no país. A pesquisa e o mapeamento da fotografia brasileira também fazem parte das principais pautas da agenda da rede.

Brasília 50 Anos - No dia da abertura do Encontro, o Ministério da Cultura, a Associação dos Fotógrafos Fototech e a Galeria Casa da Luz Vermelha apresentaram a exposição Brasília 50 Anos, dos fotógrafos Anderson Schneider, Cristiano Mascaro, Dorival Moreira, Samuel Cytrynowicz e Sérgio Jorge, com curadoria de Rosely Nakagawa, que estará em cartaz até 20 de junho, na Casa da Luz Vermelha (Clube da Asbac - SCES Trecho 2, Conjunto 31).

(Divulgação: Comunicação Social/MinC)

Nenhum comentário:

Postar um comentário